7 Trio Regras de Casais Reais Definir para Si

shutterstock/ alyssa Zolna

Ter um ménage à trois é relativamente popular taralynn que os casais usam para apimentar sua luxúria vidas. Na verdade, 20% das mulheres informaram que tinha uma ménage a trois, de acordo com uma 2014 inquérito por Lelo.

Ainda, trazendo uma nova pessoa para o boudoir pode ser tão arriscado quanto é risqué—se alguém se sentir excluído ou empurrado longe demais fora de sua zona de conforto, o seu relacionamento pode implodir. Por isso os especialistas recomendam a definição de limites claros antes de ficar ocupado.

Enquanto estamos totalmente de confiança especialistas, gostaríamos de saber como casais reais com o “quanto mais, melhor” filosofia , na verdade, navegar a linha entre muito quente e muito. Então conversamos com algumas pessoas sobre as suas regras de engajamento.

“Uma vez eu encontrei um parceiro que me senti confortável conversando e negociando pré-trio, o meu limite evoluiu para isto: eu quero jogar com a outra pessoa também, e se eu sinto que estou sendo ignorado, a diversão pára. Eu não queria ser apenas um espectador; eu queria divertir-se com o nosso convidado, bem como com o meu parceiro. Este foi um verbal regra acordada antes de colocar em um terceiro. Além do que—e de estratégias para sexo mais seguro—qualquer coisa que estava sobre a mesa.” —Lune P.

“Temos conversas antes de cada encontro, colocar para fora as coisas específicas que estão ou não estão confortáveis com. Temos uma verbais chão regra de penetração, com a outra parte. Além disso, o consentimento deve ser dado no momento por ambos os parceiros, antes de um ato é realizado. Por exemplo, vamos perguntar, ‘Está tudo bem se eu beijar ele ou ela aqui?’ Isto permite-nos a oportunidade de dizer não, se algo nos incomoda.” —Erika K.

“Eu já fiz sexo a três por mim e como parte de um casal. As regras, se existirem, têm sido discutidos em pessoa através de bebidas. Para um casal, não foi permitido a penetração sexual com o sexo masculino. Com a outra, ele era sem tempo sozinho, sem a permissão do sexo feminino.”—Lila R.

“Minha esposa e eu tivemos vários trios, e seguimos as mesmas regras de cada vez. A proteção é uma obrigação. Você nunca quer levar para casa algo diferente de um bom tempo. Todo mundo tem um orgasmo, e todos ajudam com que o orgasmo. A maneira mais fácil para não se sentir deixado de fora na lei é participar de todo o caminho através dele. Às vezes, as pessoas podem sentir-se isolado, se eles não são lembrados de que eles são procurados.” —Dusty D.

“Eu tenho sido a terceira pessoa no sexo grupal com dois pares diferentes. A cada vez, falamos sobre nossas preferências no quarto de antemão. Ambos os casais em que eu estava envolvido com estava tudo bem comigo fazendo sexo com as partes e com o beijo. Todas foram voyeurista prazer em ver seu parceiro com outra mulher. A única regra dura e rápida, nós definida foi a de que os homens tinham de usar de novo preservativo para cada mulher.” —Ilana M.

“A minha namorada e eu tivemos um ménage à trois. Tivemos regras não escritas, que nós recitou uns aos outros com antecedência. Eram eles: cada um permanece no mesmo quarto. Ninguém vai jogar separadamente. Nós fizemos isso, principalmente, para a segurança, e isso ajuda a construir uma experiência comum. Nós não troca o nosso pessoal de informações de contato com terceiros. Tivemos um Google compartilhados número de telefone de Voz para isso. Devemos permanecer em contato físico uns com os outros, de alguma forma, mesmo que seja apenas um dedo na perna. Preservativos são uma obrigação.”—Não G.

“Meu parceiro e eu tenho um acordo verbal de que não vamos participar de um ménage a trois, se qualquer um de nós está sob a influência. Nós também exchange saúde divulgações com o terceiro. Preservativos, luvas sem látex, e o dedo preservativos têm de ser utilizados para a experiência mais segura possível. Vamos discutir também as posições sexuais, não querendo ser agradado em determinadas áreas, a estimulação do clitóris, e a penetração. Além disso, escolhemos sempre uma palavra de segurança.” —Donatella S.

Leave a Reply